Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mimimis da Vida

Se virem aqui algum texto a falar mal de outras pessoas, podem pesquisar mais um pouco porque vão encontrar mais.

Mimimis da Vida

16
Fev22

Eu, Georgina II

Diana

E pronto. Está terminada de ver. E a minha opinião não mudou. É uma pessoa normal que tem dinheiro e usa-o para agradar as pessoas à sua volta e tornar a vida delas mais fáceis. É uma pessoa normal que dá o melhor de si enquanto pessoa, enquanto esposa e enquanto mãe.

Só tenho mesmo pena de ver que, pelo que a série mostra, ela sustenta os amigos. Não se vê a dar dinheiro, nem nada disso. Mas está escrito nas entrelinhas. Incluindo um dos amigos logo num dos primeiros episódios diz que não podem fazer planos porque nunca sabem qual é o plano da Georgina para amanhã. Ela envia uma mensagem à meia-noite a convidar para irem para um iate e todos têm disponibilidade imediata. Então, e emprego? Trabalho? Prazos a cumprir? Reuniões? Não? Nada? Pois que o dinheiro tem de vir de algum lado, certo?

É mesmo apenas o único detalhe da série que crítico. Dar prendas boas, facilitar um pouco o modo de vida, oferecer férias de sonho, tudo bem. Mas sustentar ao ponto de estarem prontos para tudo porque não fazem nada o dia todo? Epá, vamos lá com calma que amigos não são pais nem filhos. E mesmo aos filhos é preciso ensinar que é necessário lutar pelo que queremos e que não nos vem parar tudo à mão de mão beijada. 

15
Fev22

Eu, Georgina

Diana

Ainda vou a meio da série mas o que me chama mais a atenção da série e onde vejo alguma crítica a fazer, nem é o que se vê nas redes sociais. Não é notar-se que ela veio do nada, que ela até pode sair do bairro mas o bairro não sai dela (nem percebo a crítica nisto, é bom ter as nossas origens em nós), as marcas que ela usa, etc etc etc.

A única crítica que consigo fazer até agora é: os amigos que não fazem um c*r*lh* da vida e estão disponíveis todos os dias e a qualquer hora para ir para qualquer lado. Esses vivem do quê? Se estão constantemente disponíveis é porque não trabalham. Como é que têm dinheiro para as coisas do dia-a-dia? Provavelmente graças a ela (e ao Ronaldo), né?

Então, quer dizer que os amigos e a família do Ronaldo trabalham (não quer dizer que não sejam ajudados por ele ou que o que fazem neste momento não tenha sido impulsionado por ele/pelo dinheiro dele mas pelo menos não ficam o dia todo a coçar a micose) e os amigos dela não fazem um piço? As prendas que eles lhes dão são pagas com que dinheiro? Pois que tendo em conta tudo o que é mostrado na série, é tudo pago com o dinheiro dela. Por isso aquele colar que ela andava a pedir à 1 ano e meio e não encontrava em lado nenhum, quase de certezinha que foi pago com dinheiro de origem da conta dela.

Não consigo entender quem aceita trabalhar (independentemente do trabalho que tenha, a imagem dela é um trabalho!) e sustentar outras pessoas que não fizeram por merecer aquele dinheiro. Desculpem mas por muita amizade que haja e por muito que estejam lá nos maus momentos ou quando não havia dinheiro nenhum, a amizade não se paga. O trabalho paga-se mas a amizade não. Quer dinheiro? Vá trabalhar. Até posso oferecer umas férias aqui ou ali com tudo pago mas suportar o modo de vida da pessoa ou dar-lhe um valor constante como se fosse uma pensão, não. No máximo, faria isso pelos meus pais. Por quem realmente fez tudo por mim e trabalhou anos a fio para conseguirem educar-me e pôr comida na mesa, para que nada me faltasse. 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub